A escolha de persianas horizontais não é tão simples como se imagina, pois é preciso conhecer detalhes como tipo de material e de acionamento, para então definir qual o tipo e modelo mais indicado para seu ambiente.

É preciso levar em conta, móveis, revestimentos de pisos, paredes, tapeçaria e iluminação, que compoem o espaço.

As persianas têm ocupado cada vez mais um lugar de destaque nos projetos, seja por sua função de controlar a luminosidade dos ambientes, ou pela questão decorativa.

Os principais tipos de persianas horizontais disponíveis no mercado são de alumínio, madeira, bambu e PVC.

- De Alumínio:

É o modelo mais usado de persiana horizontal, devido ao seu custo benefício e versatilidade. As lâminas são resistentes à umidade e vapor, por isso, são indicadas para uso, tanto em ambientes secos, como salas, quartos e escritórios, como em ambientes com incidência de vapor, umidade e que necessitam de limpeza mais frequente, como cozinhas e banheiros.

- De PVC:

São muito práticas, versáteis, resistentes e bonitas, com lâminas de 50mm, agregam beleza aos projetos, sem deixar de ser extremamente funcionais. Indicadas para uso em qualquer ambiente, tanto os secos, como aqueles em que há incidência de vapor e umidade ou que necessitam de limpeza constante.

- De Madeira:

São nobres e enriquecem os ambientes com um toque de elegância e sofisticação, pois com ar rústico ao espaço, e devido à variedade das opções disponíveis e seu estilo clássico, podem ser facilmente incorporadas a qualquer projeto.

- De Bambu:

É um tipo de persiana que carrega consigo, uma proposta ecológica, com leveza e praticidade. São indicadas para ambientes secos, sem incidência de vapor e umidade.

Qualquer um dos tipos escolhidos, estão sendo muito usadas em espaços como residencias, hospitais, clínicas, consultórios, escritórios, pois são elegantes, funcionais e também apresentam vantajoso custo X benefício.